terça-feira, 31 de julho de 2012

FLORES EM FESTA... VAMOS AO PARQUE?


Uma homenagem às flores, à vida, aos leitores, à amiga com quem trabalho e à nora (de minha sócia blogueira) e família.  Logicamente ao principal assunto desta postagem  - a flor de cerejeira - SAKURÁ em japonês ( a flor símbolo da Primavera no Japão)!


 De julho a setembro, aqui no Brasil  florescem as cerejeiras, cuja florada é comemorada por nossos irmãos japoneses na primavera  (lá  entre fim de março e meados de abril ou maio) dependendo da região.  Durante esse período, eles deixam suas atividades diárias para fazer piqueniques em parques, aproveitando para contemplar as flores  - HANAMI - (OLHAR AS FLORES)!

Como existem cerejeiras de espécies variadas, o mesmo ocorre com o real significado do Hanami, que varia  de acordo com cada pessoa. O simbolismo mais poético da flor, fica com brevidade da vida, devido à sua efemeridade.
"Além de toda a beleza, é uma flor que não seca na árvore, mas levada pelo vento. A gente pode comparar com a vida que teve um fim bonito e sem sofrimento" (disse Sr. Pedro Yano - Presidente da Federação Sakura e e Ipê do Brasil - (Jornal da tarde - 31/07/2011 -Marici Capitelli).


Os primeiros imigrantes japoneses que chegaram ao Brasil no século passado trouxeram mudas da árvore, dando continuidade à tradição.
Outros países como Brasil e Estados Unidos também festejam a floradas das cerejeiras; que em média duram de 07 a 10 dias.   


Em São Paulo temos o Bosque das Cerejeiras no Parque do Carmo, em Itaquera. De 04 a 05 de agosto de 2012 , haverá o 34a. Festa das Cerejeiras em Flor; com apresentações de várias atrações folclóricas.






Me perguntas por que compro arroz e flores? Compro arroz para viver e flores para ter algo pelo que viver. 
Confúcio

PENSANDO...



Pensando... - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

13 Linhas Para Viver


1. Gosto de você não por quem você é, mas por quem sou quando estou contigo.
2. Ninguém merece tuas lágrimas, e quem as merece não te fará chorar.
3. Só porque alguém não te ama como você quer, não significa que este alguém não te ame com todo o seu ser.
4. Um verdadeiro amigo é quem te pega pela mão e te toca o coração.
5. A pior forma de sentir falta de alguém é estar sentado a seu lado e saber que nunca vai poder tê-lo.
6. Nunca deixes de sorrir, nem mesmo quando estiver triste, porque nunca se sabe quem pode se apaixonar por teu sorriso.
7. Pode ser que você seja somente uma pessoa para o mundo, mas para uma pessoa você seja o mundo.
8. Não passe o tempo com alguém que não esteja disposto a passar o tempo contigo.
9. Quem sabe Deus queira que você conheça muita gente errada antes que conheças a pessoa certa, para que quando afinal conheça esta pessoa saibas estar agradecido.
10. Não chores porque já terminou, sorria porque aconteceu.
11. Sempre haverá gente que te machuque, assim que o que você tem que fazer é seguir confiando e só ser mais cuidadoso em quem você confia duas vezes.
12. Converta-se em uma pessoa melhor e tenha certeza de saber quem você é antes de conhecer alguém e esperar que essa pessoa saiba quem você é.
13. Não se esforce tanto, as melhores coisas acontecem quando menos esperamos.
Gabriel García Marquez

segunda-feira, 30 de julho de 2012

A DIREÇÃO DO OLHAR PODE DEFINIR NOSSO DESTINO

borbo036
Quando exultamos e nos alegramos, podemos passar a impressão de esmorecimento no combate que se faz necessário diante de tantas mazelas que afetam a humanidade. Essa postura diante da vida pode causar a sensação de que o mal é permitido ou de que menosprezamos a dor alheia.
Pois enganam-se profundamente os que pensam assim.

Quando somos capazes de admirar a flor que desabrocha no meio do lodo, a exemplo da "Flor de Lótus", é quando mais sentimos a obrigação de tentar mostrar que as coisas belas e essenciais para a nossa existência estão disponíveis a todos, tudo depende da direção de nosso olhar.

Quando buscamos a claridade, tendemos a buscar nas alturas, no brilho das estrelas, nos raios do sol. Muitas maravilhas estão ao nosso alcance, temos uma imensidão à nossa frente, o limite é uma linha imaginária que impossibilita nossa visão para além do horizonte, mas há muito mais adiante, basta avançar.

Sejamos como o Pai amoroso que não fica feliz com as carências de seus filhos e faz de tudo para orientá-los na direção da luz e da prosperidade. Busquemos, até nos pequenos gestos, contagiar pessoas e desejar aos outros o mesmo que queremos para nós.
Quando estamos plenos, é justamente quando nos sentimos mais inconformados com o sofrimento do próximo e com as coisas erradas.
Quando sentimos que realmente somos filhos de Deus, feitos à sua imagem e semelhança, aumenta nossa responsabilidade na construção de sua obra, que não é apenas matéria, mas a restauração de vidas, a promoção humana e o cuidado com tudo o que foi realizado pelo Criador.

Podemos aprender com a flor de lótus e evitar olhar para baixo. Não apenas negar a existência do mar de lama, muito menos se iludir com a ideia de que seria fácil lavar a sujeira que existe no mundo, que é real e faz mal a muita gente, mas o ideal é tentar sair dessa condição, enxergar acima disso, mesmo quando temos que enfrentar situações adversas ou quando a maldade tenta nos atingir.

Essa é uma prática diária, deve fazer parte do nosso cotidiano e, como em todo aprendizado, a cada dia agregamos valores que contribuem para nossa evolução. Com o tempo, nossos passos ficam mais largos, nosso horizonte se amplia e quando saimos da zona de conforto podemos dar alguns tropeços, mas podemos aprender a reagir; corremos o risco de sofrer algumas perdas, mas certamente teremos alguns ganhos importantes; os momentos de frustação continuarão a existir, mas o caminho da perseverança é o único que nos leva à vitória.

domingo, 29 de julho de 2012

NATUREZA E SEUS DESAFIOS!!



DESAFIOS
A vida só é possível através dos desafios.
A vida só é possível quando você tem
tanto o bom tempo quanto o mau tempo,
quando tem prazer e dor;
quando tem inverno e verão, dia e noite;
quando tem tristeza tanto quanto felicidade,
desconforto tanto quanto conforto.
A vida passa entre essas duas polaridades.
Movendo-se entre essas duas polaridades,
você aprende a se equilibrar.
Entre essas duas asas,
você aprende a voar até a estrela mais brilhante.
Osho



“Sempre permaneça aventureiro.
Por nenhum momento se esqueça de que
a vida pertence aos que investigam.
Ela não pertence ao estático;
Ela pertence ao que flui.
Nunca se torne um reservatório,
sempre permaneça um rio.”
Osho


As raízes do lótus ficam na lama e o caule cresce e destaca-se da sujeira e a flor desabrocha acima da água, em busca da luz.

Sigamos o exemplo dessas flores maravilhosas...Procuremos dar sempre o nosso melhor, e olhar sobre outra perspectiva os obstáculos que por vezes nos deixam sem ação!
A natureza é sábia!!!


segunda-feira, 23 de julho de 2012

PENSEM...REPENSEM...






Embora este texto seja um pouco longo, resolvi publicar neste blog; pois reflete o que penso e não saberia colocar tão bem as palavras do autor.  Penso, que com a educação, leitura, conhecimento; nos tornaremos pessoas conscientes de nossas escolhas!
Ninguém tem o poder de nos amordaçar, de nos calar... temos obrigação moral e cívica de discordarmos de notícias prontas.. (a mídia de maneira geral  publica e mostra nos jornais da TV verdades distorcidas, com objetivo específico naquele momento);  merecemos e exigimos respeito, somos cidadãos pensantes!

Pesquisando sobre o assunto, deparei com O Planeta Educação, portal educacional da empresa  Vitae Futurekids que tem como objetivo disseminar o Uso Pedagógico e Administrativo das Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação nas escolas públicas brasileiras de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio.



Política e Educação
A escola tem que politizar seus estudantes


João Luís de Almeida Machado Doutor em Educação pela PUC-SP; Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP); Professor Universitário e Pesquisador; Autor do livro "Na Sala de Aula com a Sétima Arte – Aprendendo com o Cinema" (Editora Intersubjetiva).



Em meu governo a prioridade é a educação. Para que possamos crescer temos que investir em educação. Os países que mais evoluíram nas últimas décadas conseguiram isso por investirem na educação. Revolucionaremos o sistema educacional com mudanças grandiosas. Teremos a melhor educação do país e, até mesmo do mundo, em meu futuro governo...

Praticamente todos os políticos assumem a educação como prioridade em seus discursos de campanha. Fala-se sempre que uma maior quantidade de verbas será destinada à educação em mandatos futuros. Não há uma pessoa sensata (mesmo entre os políticos, se bem que é um tanto quanto difícil imaginar sensatez no reino dos insensatos...) que seja capaz de dissociar a idéia de progresso de um país de consistentes investimentos e de projetos maduros e sérios para a educação.

Há, no entanto, uma grandiosa diferença entre o que é apregoado na propaganda política gratuita na televisão e nos comícios em relação ao que vemos em nossas escolas e redes públicas de ensino. Não se pode negar que algumas mudanças aconteceram, mas será que foram realmente efetivas para transformar o perfil do estudante que estamos formando?

A adoção de novas tecnologias, a modernização do discurso, o investimento em cursos de aperfeiçoamento e atualização do magistério, as provas nacionais que avaliam o desempenho do ensino em seus vários níveis, o programa universidade para todos e tantos outros projetos desenvolvidos pelo atual governo e pela gestão anterior efetivaram as transformações que levaram ao surgimento de um estudante que lê, escreve, compreende e articula-se melhor?

Ou será que esse propósito não é a prioridade da educação brasileira? Para que tantos computadores, exames, bolsas de estudo, cursos para os professores e até mesmo escolas recém-construídas se os nossos alunos continuam escrevendo errado, apresentando dificuldades na leitura, interpretando mal, tendo resultados pífios em matemática (ciências, história, geografia,...) ou, ainda pior, sendo incapazes de entender a realidade em que se inserem a ponto de não compreender o que significam escândalos como o mensalão ou a máfia dos sanguessugas?

A perpetuação de um sistema educacional que não ensina as nossas crianças a ler, escrever, interpretar e articular suas idéias é a chaga que propaga em nosso país males como a corrupção, a violência e a miséria.

É corrente em algumas redes de ensino a idéia de que os professores fingem que ensinam, os alunos simulam a aprendizagem e os resultados falseiam a realidade. A conseqüência mais evidente desse autêntico drama brasileiro é que os votos da população menos (ou não) esclarecida acabam dando sobrevida a políticos que não têm a mínima intenção de aperfeiçoar ou melhorar a educação ou qualquer outra instância da realidade nacional.

Quando ouvimos uma pessoa dizer que um determinado político “rouba, mas faz” - temos que nos indignar e articular respostas e reflexões que ajudem a pessoa a mudar de opinião. Quando ficamos sabendo que alguém vai trocar seu voto por algum favor ou benefício material, temos que nos mobilizar para que isso não aconteça...

E não podemos simplesmente esperar que o voto, por si só, seja capaz de promover as alterações que desejamos para o país ou para a educação. Participamos da democracia quando votamos e, principalmente, a partir do momento que fiscalizamos e cobramos as autoridades quanto aos projetos, idéias e necessidades de nossas comunidades, cidades, estados e país.

A educação é momento primordial de esclarecimento não apenas dos conhecimentos previstos no currículo oficial através de cada disciplina. Os anos de chumbo da ditadura ajudaram a silenciar nossa consciência crítica, a televisão que esvazia os nossos discursos e tolhe o diálogo nos imobiliza e isola, as mentiras e omissões dos políticos se repetem e nos insensibilizam de tão freqüentes e impunes.


                                               Temos que educar as crianças para o criticismo até mesmo em sua 
                                               relação com a televisão que tantas vezes as imobilizam e isolam...

Se pensamos a educação como o instrumento da mudança, da renovação e da ética, na realidade temos um sistema educacional que repete, promove e valida o jogo político em que estamos inseridos. Os professores, teoricamente os maiores responsáveis pela configuração de uma realidade cidadã e digna, sucumbem perante as atribuições do cotidiano. Não há tempo para refletir, discutir ou debater a realidade do país. Temos provas a corrigir, aulas para preparar, diários que devem ser atualizados, reuniões,...

A tarefa de educar politicamente nossas novas gerações não é e, em curto prazo, não parece ser um objetivo das classes dirigentes ou mesmo dos próprios educadores. Desprovidos de poder de crítica como poderemos distinguir o joio do trigo e definir os rumos de uma cidadania ética e digna para o nosso país?

Nem mesmo os próprios professores estão sendo preparados para atuar na sociedade de forma questionadora, incisiva e participativa como deveriam. As universidades que preparam as novas gerações de educadores do Brasil estão preocupadas apenas em “conteudizar” os seus formandos e torná-los aptos para entrar no mercado de trabalho para que demonstrem suas competências e habilidades...

Somos devorados pela dinâmica do sistema. A opressão se abate sobre nós e nem nos damos conta. Caminhamos, todos os dias, em direção ao abatedouro, de forma silenciosa, conformados com o que acontece ao nosso redor, não querendo causar polêmica ou parecer contrariar a ordem e o discurso uníssono que pede a todo o momento que busquemos consensos...

A democracia pressupõe o embate de idéias. Num sistema político como o nosso devem existir opiniões que realmente se contraponham e que concedam alternativas e respostas múltiplas para as várias e importantes questões nacionais. Quando políticos e candidatos falam basicamente a mesma coisa passamos a não ter alternativas que viabilizem esse amplo debate e que, como conseqüência disso, nos permitam pensar e repensar os rumos de nossa nação.
                                     O exercício da troca de idéias, da percepção da diferença de pensamentos
                                     e da pluralidade 
de alternativas para a solução de problemas
                                     deve começar desde cedo em nossas escolas.


A educação deve ser o instrumento que realmente nos permita pensar a realidade nacional e nos posicionar quanto a ela. Mas, o que podemos esperar de nossa educação se nem mesmo seus artífices, os professores, demonstram a articulação, a clareza, o senso crítico e a propensão ao debate que deles se espera?

Nossos estudantes aprendem muito mais a partir de nossas palavras se elas são acompanhadas de atitudes que comprovem a necessária coerência entre teoria e prática que tanto advogamos. Não adianta nada dizer que temos que empreender mudanças e repensar a nação se nossas atitudes não demonstram essa busca ou crença. Se você quer realmente mudar o país não apenas diga ou pense isso, precisamos de mais ação e de menos discurso...

Somos seres políticos como preconizaram os gregos há tanto tempo. Mesmo quando agimos apoliticamente estamos promovendo uma prática que tem conseqüências para todos. Se votamos nulo ou em branco estamos propiciando a vitória daqueles que lideram as corridas eleitorais (pessoas em relação as quais, várias vezes, temos muitas reservas e que acabaram motivando essa nossa escolha ao votarmos).

Se o nosso voto é “de protesto”, como dizem muitos hoje em dia ao escolher um candidato que não tem nenhuma chance de vencer ou que folcloricamente vende sua imagem através da propaganda política obrigatória no rádio ou na televisão, também estamos beneficiando aos primeiros colocados nas pesquisas que por nós são rejeitados...

Se votamos nos primeiros colocados nas pesquisas para “não perder o voto” como pensam tantos outros, sem analisar suas propostas, pensar a história de vida desses candidatos ou acompanhar sua trajetória política, estamos condenando o país a continuar pagando caro por nossos erros e, ao mesmo tempo, legamos as futuras gerações todos os problemas que persistem entre nós há tanto tempo...

A educação tem que assumir-se política. Tanto no que se refere aos professores, que não podem silenciar-se e eximir-se quanto a seus posicionamentos e idéias (sem que tentem doutrinar seus alunos e permitindo a eles conhecer e pensar variadas alternativas e proposições políticas), quanto através de seu currículo, que preveja a politização dos estudantes nas disciplinas e aulas...


EFEITOS DA ONDA DO "VOTO NULO"



brmapa1

O ELEITOR LAVOU AS MÃOS, NA ELEIÇÃO DE 2010, E DECIDIU QUE O BRASIL NÃO PRECISA DE OPOSIÇÃO. PRATICAMENTE SÓ OS CANDIDATOS DA BASE ALIADA AO GOVERNO TIVERAM VOTOS.
ISSO TEM REFLEXO NOS MUNICÍPIOS E LOGO NEM PRECISAREMOS MAIS DE ELEIÇÕES, TEREMOS VITÓRIAS POR WO (atribuição de uma vitória a uma equipe ou a um competidor individual quando não existem adversários).
Os três principais partidos que fazem oposição ao governo federal lançaram o menor número de candidatos a prefeito desde que o PT chegou ao Planalto, em 2003. Dos cerca de 15 mil candidatos que concorrem a uma prefeitura no país, 2.807 são do PSDB, do DEM ou do PPS.

Isso equivale a 18% do total de candidaturas.
(...)

A redução atual coincide com a derrocada dos oposicionistas no Congresso. A presidente Dilma Rousseff enfrenta na Câmara a menor oposição desde 1988.
(...)

Entre as 85 principais cidades do país (capitais e municípios com mais de 200 mil eleitores), 22 não têm candidato de PSDB, DEM ou PPS.

(Informações da Folha de São Paulo)

Recebo muitos emails defendendo a ideia do Voto Nulo.
rede45.gif (18524 bytes)

Considero um ato contra a cidadania e, mais do que isso, é tudo o que o partido que está no poder quer, pois tem seus votos garantidos e, com essa atitude cômoda do eleitor, não temos mais uma República, podemos dizer que o Brasil voltou aos tempos do Império.



caicai01.gif (13821 bytes)

Em 2010, OITENTA MILHÕES de eleitores NÃO votaram na candidata do governo. Se ao menos um terço dos que se omitiram (36 milhões não votaram) tivessem votado em seu adversário, o resultado teria sido diferente. 

No Legislativo a mesma coisa, muita gente negou seu compromisso com a Nação e brincou nas urnas, mas quem teve voto assumiu sua cadeira no Congresso. Resultado, poucos são os parlamentares que defendem o povo, a maioria diz "AMÉM" ao Executivo.

Porém, se há quem considere que todos os políticos são iguais e não merecem o nosso voto, simplesmente renuncia ao direito de reclamar porque os militantes do partido que governa o país jamais vão abrir mão do direito de votar.

Respeito a vitória legítima e admiro a garra de quem persevera, tanto quanto respeito quem é derrotado, desde que lute até o fim sem esmorecer.
Não é o que acontece quando se pensa em voto nulo, pois abandonar quem está na disputa à própria sorte é um ato digno de adjetivos nem um pouco louváveis.
A solução não é fugir à responsabilidade, ao contrário, é buscar a informação e discernir o que é fato do que é boato. Assim não terão votos somente os que mentem nos palanques ou os que corrompem o eleitor.

Com o voto consciente, poderemos iniciar a transformação necessária para mudar esse cenário de mediocridade e corrupção que tanto nos envergonha.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

FELIZ É QUEM PODE CELEBRAR O "DIA DO AMIGO!"




Amanhã, 20/7, celebraremos o Dia do Amigo e desde já estou recebendo com muita alegria diversas mensagens de importantes e verdadeiros amigos, a maioria por email.

Estou encantada e agradecida com tanto carinho.
Retribuo publicando a criação de um amigão, enviada pelo twitter na celebração do ano passado.
Compartilho essa bela homenagem com todos que acessam este blog, com uma dedicação especial à minha parceira, amiga sempre presente:
.........................................

AMIZADE VOCACIONAL
Postado pelo ÚLTIMO ROMÂNTICO PortalMatrix:



Amizade verdadeira não nasce adulta, cresce a cada dia com pequenos gestos e atitudes!
AMIZADE VOCACIONAL


Amizade é como dividir um peso.
É compartilhar emoções, sentimentos.
Nos tornando seres humanos melhores,
interativos, alegres e intensos.


Multiplicando a felicidade, pelo dom da amizade.....
Amizade é como uma doce canção que se levanta.
Quem faz amigos, os seus males espanta.
Diante da faina de labuta,
ter amigos é estar sempre em disputa,
Com quem vai ajudar a quem, são trocas mútuas......

Ter amigos é contar com alguém,
que mesmo ser ter laços sanguíneos,
Nos é quase sempre mais fiel que um parente.
Ao qual abrimos o nosso coração,
fazendo do amigo o nosso confidente.

Amizade é uma manifestação espiritual redentora........
Uma linda poesia, que tem som de sinfonia.
identificamos no amigo a nossa própria pessoa.

Fazendo justiça a verdade!...., amizade é lealdade!
Que completa um ao outro, como duas metades.
Que seria de nós nos momentos dificieis,
se não tivéssemos amigos?

Amizade é atributo da alma .......
Nasce de uma divina inter-relação
Não é para quem quer! É uma linda vocação......
O milagre divino de Deus, operando no coração........

Autor: @PortalMatrix ~~~>
Dedico a todos os meus amigos vocacionais da rede ~~>
Twitter,Orkut,facebook etc.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

SONHE...ACREDITE...MELHORE...QUESTIONE...


Noite de primavera - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5







Noite Estrelada - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5



 Dar a outra face é um símbolo de maturidade e força interior.
 Não se refere à face física, mas à psíquica.
 Dar a outra face é procurar fazer o bem para quem nos decepciona,
 é ter elegância para elogiar quem nos difama,
 altruísmo para ser gentil com quem nos aborrece. 
 É sair silenciosamente e sem estardalhaço da linha de fogo dos que nos agridem. 
 Dar a outra face previne homicídios, traumas, cicatrizes impagáveis.
 Os fracos se vingam, os fortes se protegem.
 Do livro O vendedor de sonhos - Augusto Cury




Estou lendo seu livro mais recente "O Colecionador de lágrimas - Holocausto nunca mais"


Comparo as idéias de um ególatra da época, manipulador das massas;  com o que ocorre na atualidade...muitos usam das palavras... Eu fiz... Eu sou...Eu isso...Eu aquilo...  proclamam o nome de DEUS... arregimentando seguidores... enganando o povo em benefício de si próprios e dos seus egos inflados...transformando MENTIRAS EM VERDADES...
Vamos sonhar...acreditar...melhorar...questionar...ninguém tem o poder de nos adestrar com palavras bonitas, sem significado algum...
Minha mãe costumava dizer, quando ouvia esses discursos falastrões.
                                   "Falou bonito, pena foi falar estrangeiro".


O maior líder é aquele que reconhece sua pequenez, extrai força de sua humildade e experiência da sua fragilidade. (Augusto Cury)


domingo, 15 de julho de 2012

EVOLUÇÃO INTERROMPIDA




Abaixo, videos institucionais na época da fundação do Artesanato Solidário (1998). Ruth Cardoso fala da importância dos projetos desenvolvidos para maximizar as potencialidades das regiões atingidas pela seca, e fez isso estimulando o talento para o artesanato.





O Comunidade Solidária foi extinto em 2003 e, infelizmente, tivemos a volta do assistencialismo, tão combatido por Ruth Cardoso porque não promove o ser humano nem oferece condições dignas de trabalho e de oportunidades para as futuras gerações. Mesmo assim, as instituições criadas por Ruth deram continuidade aos programas.

No âmbito nacional, entretanto, as ações que mobilizavam a sociedade em torno de causas concretas foram substituídas pelo culto ao poder que vem formando uma massa sem identidade, anestesiada pelo efeito da propaganda que vende ilusões, e pelo triunfalismo que desestimula o espirito solidário bem como anula a participação da sociedade na formação de opinião e nas tomadas de decisões. 

O que repercute e praticamente forma um pensamento único é o apelo emocional que compromete a razão. Isso tudo ofusca a realidade de tal jeito que as mazelas e misérias humanas deixaram de ser percebidas ou se tornaram banais.

Em um seminário de alto nível acadêmico, Ruth Cardoso soltou uma frase que os presentes não conseguiram realmente entender, segundo relato de um deles no livro que conta a história de sua vida:
"O povo desunido jamais será vencido!" 
Ou seja, as vias de transformação em nossas sociedades segmentadas e multiculturais não surgem de uma centralidade do sujeito, seja ele qual for.

O que temos agora, já na segunda década do século XXI? 
Os dados estão à disposição de qualquer cidadão interessado na verdade dos fatos. 

Como explicar, então, que após uma década colhendo os frutos do Plano Real e surfando num crescimento mundial impressionante temos índices de desenvolvimento humano tão medíocres?

Se acompanhamos o desenvolvimento econômico - na lanterna, tanto é que mal sentimos os efeitos da atual crise como sentem os que tiveram grandes perdas - regredimos consideravelmente no padrão de mentalidade que move a sociedade.

Basta notar que o brasileiro não se envergonha nem se importa com o retrocesso em setores fundamentais, como saúde, educação, segurança, cultura e infra-estrutura, imposto ao país pelo governo no poder há uma década.

Se o inconsciente coletivo foi dominado pela ideia de que uma mulher poderia ter a sensibilidade de mudar esse quadro, na prática e não apenas no discurso, isso seria verdadeiro se essa mulher tivesse o perfil de alguém como Ruth Cardoso. Os marqueteiros, porém, criam imagens que confundem até mesmo pessoas esclarecidas.

O brasileiro precisa amadurecer muito para perceber quais lideranças, homens e mulheres, realmente têm condições de resgatar a herança perdida nesses últimos anos e de recuperar o caminho da dignidade de uma parcela da população que deu seus primeiros passos guiados pelas mãos de uma grande cidadã, Ruth Cardoso.

Mais um pouco sobre a vida e a obra de Ruth Cardoso em entrevista ao programa Roda Viva:


quinta-feira, 12 de julho de 2012

O MUNDO INVISÍVEL DO COTIDIANO


   

O "fantástico" show da vida contrasta com o cotidiano, isso é incontestável.
Pressupõe-se, então, que muitas pessoas se deprimem porque imaginam a vida deslumbrante das celebridades ou de amigos que sempre contam novidades, enquanto elas próprias vivem uma rotina considerada entediante para quem não se contenta com a companhia dos familiares, não reconhece a importância dos amigos sempre presentes, não dá valor ao que possui, ou seja, o que é dos outros é sempre melhor.

Muitos que não se julgam amados, talvez não amem ou não demonstram esse sentimento aos seus, como esperar retribuição?

Mas um outro aspecto me preocupa ainda tratando da crítica do filósofo e diretor de cinema Guy Debord, a sua abordagem sobre velocidade: "a soci­e­dade espe­ta­cu­la­ri­zada entende que a his­tó­ria pre­cisa ser per­ma­nen­te­mente revista, rees­crita, e mais freqüen­te­mente ainda, esque­cida". E o ritmo de vida das pessoas, cada vez mais acelerado, favorece essa tese.

Continuando suas reflexões, “aquilo de que o espe­tá­culo deixa de falar durante três dias é como se não exis­tisse". E uma das características que favorecem a desconstrução dos registros históricos é a promoção de inúmeras fes­ti­vi­da­des, como é o caso da Copa do Mundo de futebol, do Carnaval, entre outros. 

Diante de tantos questionamentos, algumas circunstâncias carac­te­ri­zam a forma de poder do espetáculo. Debord apresenta cinco aspectos principais, das quais eu destacaria "a men­tira sem con­tes­ta­ção que con­su­mou o desa­pa­re­ci­mento da opi­nião pública" e "a cons­tru­ção de um pre­sente que quer esque­cer o pas­sado e dá a impres­são de já não acre­di­tar no futuro".

O resul­tado é que, no caso do Brasil, nunca na história do país se pôde "men­tir com tão per­feita ausên­cia de con­seqüên­cias” pois “o que nunca é punido torna-se per­mi­tido”Portanto, as palavras do filósofo, após quase meio século, continuam repercutindo a realidade.

Enquanto poucos brasileiros despertam para a necessidade de rever os rumos do país, aqueles que preferem a espetacularização da vida costumam se manter distantes da realidade e acreditam que todas as pessoas possam ser atendidas apenas com discurso, propaganda e muito oba-oba.

Isso acontece no mundo inteiro, mas em outros lugares as pessoas percebem o que lhes falta e, quando podem, reclamam.
No Brasil, basta dizer que tudo está resolvido que a palavra tem o poder de suprir carências fundamentais para a vida humana.
ISSO É MÁGICO.... OU É IGNORÂNCIA?

segunda-feira, 9 de julho de 2012

SIMPLES ASSIM.....


POEMINHA AMOROSO
Este é um poema de amor 
tão meigo, tão terno, tão teu....

É uma oferenda aos teus momentos 

de luta e de brisa e de céu... 

E eu, 

quero te servir a poesia 

numa concha azul do mar 

ou numa cesta de flores do campo. 

Talvez tu possas entender o meu amor. 

Mas se isso não acontecer, 

não importa. 

Já está declarado e estampado 

nas linhas e entrelinhas 

deste pequeno poema, 

o verso; 
o tão famoso e inesperado verso que 
te deixará pasmo, surpreso, perplexo... 

eu te amo, perdoa-me, eu te amo..."             

(Cora Coralina)



HUMILDADE


Senhor, fazei com que eu aceite 
minha pobreza tal como sempre foi. 

Que não sinta o que não tenho. 
Não lamente o que podia ter 
e se perdeu por caminhos errados 
e nunca mais voltou. 

Dai, Senhor, que minha humildade 
seja como a chuva desejada 
caindo mansa, 
longa noite escura 
numa terra sedenta 
e num telhado velho. 

Que eu possa agradecer a Vós, 
minha cama estreita, 
minhas coisinhas pobres, 
minha casa de chão, 
pedras e tábuas remontadas. 
E ter sempre um feixe de lenha 
debaixo do meu fogão de taipa, 
e acender, eu mesma, 
o fogo alegre da minha casa 
na manhã de um novo dia que começa.   (Cora Coralina)


cora-coralina

Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido,se não tocarmos o coração das pessoas.Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.     (Cora Coralina)
Posto estes poemas e pensamento de Cora Coralina, poetisa e contista brasileira. Seu primeiro livro foi publicado, quando já tinha quase 76 anos de idade...Prova de que sempre é possível...  sempre é tempo de começar...Gosto da forma que escreve, tão singela, pura como a natureza, pensamentos que nos instigam à reflexão... à vida gostosa de viver...  SIMPLES ASSIM.....


PERDOE AOS INIMIGOS E A SI...MUDANÇAS VIRÃO...



 O que eu tenho não me pertence, embora faça parte de mim.
 Tudo o que sou me foi um dia emprestado pelo Criador
 para que eu possa dividir com aqueles que entram na minha vida.

 Ninguém cruza nosso caminho por acaso e 
 nós não entramos na vida de alguém sem nenhuma razão.
 Há muito o que dar e o que receber; há muito o que aprender, 
 com experiências boas ou negativas.

 Tente ver as coisas negativas que acontecem com você
 como algo que aconteceu por uma razão precisa. 

 E não se lamente pelo ocorrido; além de não servir de nada reclamar,
 isso vai te vendar os olhos, dificultando assim, continuar seu caminho. 

 Quando não conseguimos tirar da cabeça que alguém nos feriu,
 estamos somente reavivando a ferida, tornando-a muitas vezes 
 bem maior do que era no início. Nem sempre as pessoas nos ferem voluntariamente.

 Muitas vezes somos nós que nos sentimos feridos e a pessoa nem mesmo percebeu;
 e nos sentimos decepcionados porque aquela pessoa não correspondeu às nossas expectativas.
 E sabemos lá quais eram as nossas expectativas?

 Decepcionamo-nos e decepcionamos outras pessoas também.
 Mas, claro, é bem mais fácil pensar nas coisas que nos atingem. 
 Quando alguém te disser que te magoou sem intenção, acredite nela!

 Vai te fazer bem. Assim, talvez, ela poderá entender quando você,
 sinceramente, disser que "foi sem querer". Dê de você mesmo o quanto puder! 
 Sabe, quando você se for, a única coisa que vai deixar é a lembrança do que fez aqui.

 Seja bom, tente dar sempre o primeiro passo para a reconciliação,
 nunca negue uma ajuda ao seu alcance, perdoe e dê de você mesmo.
 Seja uma bênção a todos que o cercam! Deus não vem em pessoa para abençoar,
 Ele usa os que estão aqui dispostos a cumprir essa missão. Todos nós podemos ser Anjos. 

 A eternidade está em nossas mãos. Viva de maneira honrada, para que quando envelhecer, 
 você possa falar só coisas boas do passado e sentir assim, prazer uma segunda vez ...
 e ter a certeza de que quando você se for, muito de você ainda fique naqueles que tiveram a boa   ventura de te encontrar.

Chico Xavier

Este texto, me tocou... não tem a ver com religião e sim com o Amor que nos une ao Todo... Somos humanos, sentimos raiva, alimentamos pensamentos ruins, resolvemos a vida de todo mundo (nos palpites), isso nos liga à energia da pessoa por muitas vezes negativa... criando empecilhos ao nosso aprimoramento.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

MEU ENCONTRO COMIGO


Gostaria de saber se nossa amiga Nair tem um livro pulicado ou se já pensou em fazer isso.
Seus poemas são lindos e indico seu blog, faz muito bem aos corações apaixonados e aos que buscam preencher algum vazio por conta de perdas ou porque ainda não encontraram um verdadeiro amor.


Por este motivo, o ContAqui presta uma singela homenagem, publicando um de seus posts e desejando felicidades e muitas realizações, pois uma pessoa com o coração tão lindo merece viver em plenitude.


Vamos espalhar amor, esse sentimento não pode morrer nem ser substituído por coisas menores, como fama ou dinheiro!



Por Nair Pessoa

quarta-feira, 4 de julho de 2012

LEVEZA...SABEDORIA...CENTRAMENTO...



Coração desenhado na água - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5

Dê mais às pessoas, MAIS do que elas esperam, e faça com alegria.
Decore seu poema favorito.
Não acredite em tudo que você ouve, gaste tudo o que você tem e durma tanto quanto você   queira.
Quando disser "Eu te amo" olhe as pessoas nos olhos.
Fique noivo pelo menos seis meses antes de se casar.
Acredite em amor à primeira vista.
Nunca ria dos sonhos de outras pessoas.
Ame profundamente e com paixão.
Você pode se machucar, mas é a única forma de viver a vida completamente.
Em desentendimento, brigue de forma justa, não use palavrões.
Não julgue as pessoas pelo seus parentes.
Fale devagar mas pense com rapidez.
Quando alguém perguntar algo que você não quer responder, sorria e pergunte: "Porque você quer saber?".
    Lembre-se que grandes amores e grandes conquistas envolvem riscos.
    Ligue para sua mãe.
    Diga "saúde" quando alguém espirrar.
    Quando você se deu conta que cometeu um erro, tome as atitudes necessárias.
    Quando você perder, não perca a lição.
Lembre-se dos três Rs: Respeito por si próprio, respeito ao próximo e responsabilidade   pelas ações.
Não deixe uma pequena disputa ferir uma grande amizade.
Sorria ao atender o telefone, a pessoa que estiver chamando ouvirá isso em sua voz.
Case com alguém que você goste de conversar. Ao envelhecerem suas aptidões de conversação serão tão importantes quanto qualquer outra.
    Passe mais tempo sozinho.
    Abra seus braços para as mudanças, mas não abra mão de seus valores.
    Lembre-se de que o silêncio, às vezes, é a melhor resposta.
    Leia mais livros e assista menos TV.
Viva uma vida boa e honrada. Assim, quando você ficar mais velho e olhar para trás, você poderá aproveitá-la mais uma vez.
Confie em Deus, mas tranque o carro.
Uma atmosfera de amor em sua casa é muito importante. Faça tudo que puder para criar um lar tranquilo e com harmonia.
     Em desentendimento com entes queridos, enfoque a situação atual.
     Não fale do passado.
     Leia o que está nas entrelinhas.
     Reparta o seu conhecimento. É uma forma de alcançar a imortalidade.
     Seja gentil com o planeta.
     Reze. Há um poder incomensurável nisso.
     Nunca interrompa enquanto estiver sendo elogiado.
     Cuide da sua própria vida.
Não confie em alguém que não fecha os olhos enquanto beija.
Uma vez por ano, vá a algum lugar onde nunca esteve antes.
Se você ganhar muito dinheiro, coloque-o a serviço de ajudar os outros, enquanto você for vivo. Esta é a maior satisfação de riqueza.
Lembre-se que o melhor relacionamento é aquele em que o amor de um pelo outro é maior do que a necessidade de um pelo outro.
     Julgue seu sucesso pelas coisas que você teve que renunciar para conseguir.
     Lembre-se de que seu caráter é seu destino.
     Usufrua o amor e a culinária com abandono total.


Dalai Lama

Palavras de  conforto... alento... paz.... humildade... serenidade... fazem-nos refletir sobre nossa conduta perante a vida...